Buscar
  • Lucas Naufel

Primavera e a Conjuntivite alérgica


Durante a Primavera, além de trazer seu encanto e suas flores, também traz alertas aos papais, pois infecções como a Conjuntivite Alérgica e a Catapora geralmente a acompanham.


Hoje vamos falar da Conjuntivite, que apesar de benigna, causa muito incômodo e pode atrapalhar o rendimento escolar.


A conjuntivite alérgica é uma irritação da membrana que cobre os olhos (conjuntiva).





Como toda alergia, não é causada por vírus nem bactérias, e sim pelo próprio sistema imune da criança contra algo que julga estranho, como ácaro, pelos de animais domésticos, baratas e pó domiciliar. Isso também quer dizer que NÃO é contagiosa.


O principal sintoma é a coceira nos olhos. Além disso, vermelhidão, sensação de “areia nos olhos”, inchaço das pálpebras, lacrimejamento e sensibilidade à luz são comuns. Muitas vezes, vem acompanhado da rinite (alergia do nariz), com espirros, coriza, coceira e congestão nasal.


Dependendo da intensidade e do tratamento, os sintomas podem durar de horas a dias ou até meses.


Para o tratamento, primeiramente são indicadas medidas que evitem o contato com os alérgicos, como:

- Mobiliário simples e de fácil limpeza

- Encapar travesseiros e colchões com tecidos impermeáveis

- Trocar a roupa de cama semanalmente

- Lavar roupas guardadas antes do uso

- Evitar animais no quarto de dormir

- Controlar fatores irritantes como produtos de limpeza com odor forte e principalmente fumaça de cigarro.


Além disso, podem ser usados colírios e remédios antialérgicos, que devem ser prescritos pelo pediatra.


Testes alérgicos nem sempre são necessários, salvo em casos mais graves, a critério do pediatra.


Para mais informações, converse com seu pediatra nas consultas de rotina!


Em caso de dúvida, entre em contato conosco nos telefones: 4798-1385 // 4799-1444 // 4799-1469 // 4798-1044

92 visualizações

(11) 4799-1444 / (11) 4799-1469 / (11) 4798-1044 / (11) 4798-1385

Rua Navajas, 365 - Centro,  Mogi das Cruzes - SP, 08710-250